A compaixão de Jesus pelos doentes e as numerosas curas de enfermos são um claro sinal de que, com Ele, chegou o Reino de Deus e a vitória sobre o pecado, o sofrimento e a morte. Com a sua paixão e morte, Ele dá um novo sentido ao sofrimento, o qual, se unido ao seu, pode ser meio de purificação e de salvação para nós e para os outros.

A Igreja, tendo recebido do Senhor a ordem de curar os enfermos, procura pô-la em prática com os cuidados para com os doentes, acompanhados da oração de intercessão.

O Sacramento da Unção dos Enfermos ou Extrema Unção pode ser recebido por qualquer pessoa batizada, que tenha atingido a idade da razão, correndo risco de vida ou velhice, até em estado de coma (inconsciente). O mesmo fiel pode recebê-lo também outras vezes se a doença se agrava ou então no caso de outra doença grave. A celebração deste sacramento, se possível, deve ser precedida pela confissão individual do doente.

Este sacramento só pode ser administrado pelos sacerdotes (Bispos ou presbíteros).

A celebração deste sacramento consiste essencialmente na unção com óleo (de oliva) bento pelo Bispo e pode ser administrado pelo sacerdote ou bispo, paramentado com estola roxa (representa penitência interior) na fronte e nas mãos do doente (no rito romano, ou também noutras partes do corpo segundo outros ritos), acompanhada da oração do sacerdote, que implora a graça especial deste sacramento.

Este sacramento confere uma graça especial que une mais intimamente o doente à Paixão de Cristo, para o seu bem e de toda a Igreja, dando-lhe conforto, paz, coragem, e também o perdão dos pecados, se o doente não se pode confessar. Este sacramento consente por vezes, se for a vontade de Deus, também a recuperação da saúde física. Em todo o caso, esta Unção prepara o doente para a passagem à Casa do Pai.

Viático é a Eucaristia recebida por aqueles que estão para deixar esta vida terrena e se preparam para a passagem à vida eterna. Recebida no momento da passagem deste mundo ao Pai, a Comunhão do Corpo e Sangue de Cristo morto e ressuscitado é semente de vida eterna e potência de ressurreição.

Texto preparado por Antônio Onofre Andreão (Equipe de Iniciação Cristã)