BÍBLIA

Vocábulo derivado do latim BÍBLIUM, este oriundo do grego BIBLOS ou BIBLOI, significando os rolos escritos, forma primitiva dos livros, na antiguidade.

Sob o ponto de vista profano, a BÍBLIA é a coleção de Livros que contém Tradições históricas, literárias, religiosas, culturais e sociais do Povo de Israel.

Sob o ponto de vista religioso, a BÍBLIA é a coleção de escritos que narram como DEUS REVELA ao HOMEM, o SEU PLANO de AMOR SALVÍFICO.

 

DIVISÃO DA BÍBLIA

A BÍBLIA se compõe de duas partes distintas: Antigo Testamento e Novo Testamento:

AT – a Economia da Salvação do POVO de ISRAEL, baseada na ALIANÇA e na LEI, selada com sangue de animais e chamada Antiga Aliança ou Antigo Testamento.

NT – a Economia da salvação do novo POVO de DEUS feita no SANGUE de JESUS, o CORDEIRO de DEUS, e fundamentada na GRAÇA de DEUS, por CRISTO JESUS, no AMOR do ESPÍRITO SANTO, chamada a NOVA e ETERNA ALIANÇA (cf. Mt 26,28)

 

DIVISÃO EM CAPÍTULOS E VERSÍCULOS

Nas sinagogas, para facilitar as leituras, já havia uma divisão dos Livros em passagens maiores e menores. Do 1º ao 6º século da Era Cristã, por influência dos escribas, surge a divisão em versículos.

No século XIII, o Cardeal Estevão Longdon, professor em Paris e, depois, Arcebispo de Cantuária (†1208), dividiu a atual Bíblia latina em capítulos.

Hugo de St. Cher (†1263) subdividiu os capítulos em sete parágrafos de A a G

Em 1528, Sante Pagnini dividiu os capítulos do Antigo Testamento em versículos.

Em 1551, o tipógrafo Robert Etienne (Robert Stephaus) editou a Vulgata, dividindo os capítulos do Novo Testamento em versículos, divisão adotada até hoje.

 

LÍNGUA E ESCRITA DA SAGRADA ESCRITURA

O Antigo Testamento foi escrito, originalmente, em três línguas:

  • Hebraico: quase todo, exceto as passagens dos Livros citados abaixo:
  • Aramaico: Gn 31,47. Esd 4,8-6,18; 7,12-26; Dn 2,4b-7,28; Jr 10,11.
  • Grego: segundo livro dos Macabeus; Est 10,4-16,24; Sabedoria; Dn 3,24-90;13;14.

O Novo Testamento foi todo escrito em grego, exceto o Evangelho de Mateus cujo original em aramaico está perdido.

 

INSPIRAÇÃO BÍBLICA

É a ação de DEUS no hagiógrafo mediante:

Iluminação da mente para transcrição fiel da MENSAGEM, segundo o Pensamento Divino

Fortalecimento da vontade e das potências executivas para escrever o que percebe da MENSAGEM mediante fatos e palavras entre si conexos.

A INSPIRAÇÃO BÍBLICA não é

  • Mero ditado Divino
  • Revelação de Verdades desconhecidas do Hagiógrafo (Carisma do Profeta)

 

FINALIDADE DA INSPIRAÇÃO DIVINA

É levar a todos os Homens a VERDADE SALVÍFICA, isto é, a VERDADE que SALVA e não, “fazer história” ou “ensinar ciência”.

 

EXTENSÃO DA INSPIRAÇÃO BÍBLICA

Todas as páginas da Bíblia são inspiradas: At 1,16; 28,25ss; 2Tm 3,15; 2Pd 1,20s; 2Pd 3,15.16; Hb 3,7.

Todas as palavras da Bíblia são inspiradas: Gl 3,16; Mc 10,26-27; Hb 7,11.15-17.

Fonte: Anotações das aulas de Sagrada Escritura da Escola Mater Ecclesiae – Núcleo Glória, Profª Herenice Auler, Rio de Janeiro, RJ, 1995