Mt 2,13-15.19-23: “Foi morar numa cidade chamada Nazaré”. (26.dez.2010)

13Depois de sua partida, um anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e disse: Levanta-te, toma o menino e sua mãe e foge para o Egito; fica lá até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o menino para o matar. 14José levantou-se durante a noite, tomou o menino e sua mãe e partiu para o Egito .15Ali permaneceu até a morte de Herodes para que se cumprisse o que o Senhor dissera pelo profeta: Eu chamei do Egito meu filho (Os 11,1). 19Com a morte de Herodes, o anjo do Senhor apareceu em sonhos a José, no Egito, e disse: 20Levanta-te, toma o menino e sua mãe e retorna à terra de Israel, porque morreram os que atentavam contra a vida do menino. 21José levantou-se, tomou o menino e sua mãe e foi para a terra de Israel. 22Ao ouvir, porém, que Arquelau reinava na Judéia, em lugar de seu pai Herodes, não ousou ir para lá. Avisado divinamente em sonhos, retirou-se para a província da Galiléia 23e veio habitar na cidade de Nazaré para que se cumprisse o que foi dito pelos profetas: Será chamado Nazareno.

____

Comentando:

Um mensageiro de Deus, avisa a José em sonho, orientando mudanças de rumo, quantas vezes somos conduzidos por caminhos diferentes daqueles que planejamos e por vezes não entendemos os desígnios de Deus. Devemos como José estar em Deus, através da Oração, de modo especial a leitura orante. Nestas mensagens, levadas ao coração, aprendemos a discernir. E, como fez José, que acreditou, devemos acreditar e seguir os rumos da Sagrada Família.

Fidelidade e obediência, desta forma podemos qualificar José. Pegou Maria e o Menino e foi para onde Deus mandara. Engraçado este Deus, no quarto domingo do Advento, através de seu mensageiro aparece a José e pede a este que deve acreditar, pois o Menino que nascerá de um Virgem irá salvar o povo. Agora pede para fugir. Não é confuso isto? Mas José não fica paralisado, segue a orientação do mensageiro de Deus. Ontem, foi Natal: Alegria, o Menino nasceu. Agora a Sagrada Família tem que fugir.

Tantas vezes, vemos os Anjos (mensageiros de Deus), passando pela vida de personagens do AT. O mesmo acontece no NT, como nesta passagem. Tudo para se cumprir como nos falará os Profetas. Aqui prevalece a profecia de Oséias, mas há momentos na história da salvação, que temos profecias de Isaías, Miquéias, Daniel, Jeremias etc… Tudo faz parte do plano perfeito de Deus, que agora no Tempo da Igreja, nos convida a participar desta história da salvação, como Povo de Deus a caminho. Cada um escolhendo, a seu modo, a seu jeito, e Deus irá dispor!

A Sagrada Família fica um tempo no Egito, esperando a orientação de Deus. Da mesma forma, temos estas orientações quando em profunda oração, deixamos Deus falar conosco. E Deus fala, Deus é um tagarela, nos provoca, nos chama o tempo todo a estar alerta. Aqui, José, mais uma vez, é interpelado pelo Anjo, agora, para voltar com a Sagrada Família. José é protetor e bom ouvinte. Escuta atentamente as orientações do Anjo e retorna, pelo mesmo longo caminho. Mas, na viagem, escuta comentários que o pai de Herodes, Arquelau, agora reinava na Judéia. José teme ir para lá. José aprende a mover-se dentro dos planos divinos, fruto do discernimento que aprendera em sua oração. E o Anjo, pede ao seu interlocutor nesta viagem (José) a seguir com Maria e o Menino para Nazaré, mesmo lugar da Anunciação. Então:

Se acontecer um barulho perto de você
É um anjo chegando para receber
Suas orações e leva-las a Deus
Então abra o coração e começe a louvar
Sinta o gosto do céu que se derrama no altar
Que um anjo já vem com a benção nas mãos.

Assim, José confiou e assumiu a Família. A Sagrada família, que quer cada um de nós cantando assim:

Que nenhuma família comece em qualquer de repente
Que nenhuma família termine por falta de amor
Que o casal seja um para o outro de corpo e de mente
E que nada no mundo separe um casal sonhador!

Que a família comece e termine sabendo onde vai
E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai
Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor
E que os filhos conheçam a força que brota do amor!

Abençoa, Senhor, as famílias! Amém!
Abençoa, Senhor, a minha também.