Mt 14,13-21

Naquele tempo, 13quando soube da morte de João Batista, Jesus partiu e foi de barco para um lugar deserto e afastado. Mas quando as multidões souberam disso, saíram das cidades e o seguiram a pé. 14Ao sair da barca, Jesus viu uma grande multidão. Encheu-se de compaixão por eles e curou os que estavam doentes. 15Ao entardecer, os discípulos aproximaram-se de Jesus e disseram: “Este lugar é deserto e a hora já está adiantada. Despede as multidões, para que possam ir aos povoados comprar comida!” 16Jesus porém lhes disse: “Eles não precisam ir embora. Dai-lhes vós mesmos de comer!” 17Os discípulos responderam: “Só temos aqui cinco pães e dois peixes”. 18Jesus disse: “Trazei-os aqui”. 19Jesus mandou que as multidões se sentassem na grama. Então pegou os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos para o céu e pronunciou a bênção. Em seguida partiu os pães, e os deu aos discípulos. Os discípulos os distribuíram às multidões. 20Todos comeram e ficaram satisfeitos, e dos pedaços que sobraram, recolheram ainda doze cestos cheios.21E os que haviam comido eram mais ou menos cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças.

***

A alegria de encontrar, estar com Jesus, anima a todos, pois a solução que ninguém tem para as preocupações da vida nos é afetado por Jesus. Só Ele tem cura, só Ele modifica nosso ser, só Ele nos anima a caminhar nas vicissitudes da vida.

Tantas preocupações a nossa volta, e tenho o sentimento, deste esvaziamento deste encontro com Jesus nas pessoas e até comigo, pois toda vez que faço as coisas de minha vontade, acabo negligenciando o seu chamado e depois bate o arrependimento.

As pessoas tem sede de verdade, tem sede de caminho, tem sede de vida e acabamos assoberbados por tanta cobrança que nos fazem, mas vamos em frente, sabedores que nada podemos, mas Ele pode em nós. De fato a multiplicação dos pães que sacia a todos, só Jesus consegue, mas n’Ele posso dar conta de tantas atribuições que me são confiadas, esta é a multiplicação dos pães e peixes (tarefas), que consigo realizar. É um milagre a cada dia, realizado em mim, não por minha vontade, mas pela vontade de Deus.