Mt 18,1-5.10.12-14

Naquele tempo, 1 os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos Céus?” 2 Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles 3 e disse: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. 4 Quem se faz pequeno como esta criança, este é o maior do Reino dos Céus. 5 E quem recebe em meu nome uma criança como esta é a mim que recebe. 10 Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus vêem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus. 12 Que vos parece? Se um homem tem cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixa ele as noventa e nove nas montanhas, para procurar aquela que se perdeu? 13 Em verdade vos digo, se ele a encontrar, ficará mais feliz com ela, do que com as noventa e nove que não se perderam. 14 Do mesmo modo, o Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos”.

+++

Fazer-se como criança, agindo na simplicidade da vida, sem malícia, sem desejos, apenas na alegria. Devido à pureza das crianças, não há quem deixe sem atenção uma criança. Assim, o Reino nos espera, ser puro, estar limpo de todo mal, estar na simplicidade e viver o dia a dia sem muito alarde.

Jesus, o Bom Pastor, está sempre atrás de nós, sempre nos procurando, nos trazendo de volta, pedindo nosso retorno com suas mãos estendidas, quando aceitamos Ele fica alegre e quer que estejamos na barca com Ele e com os outros que lá já estão.

Às vezes, na caminhada, fraquejamos, por querermos ser o alvo da atenção, quero sempre ser lembrado quando entrar na Igreja, quero que o padre me veja e quero que o padre dirija a palavra a mim. Mas, não! Ele como Pastor estará com olhar voltado as ovelhas perdidas que são tantas e nisto consiste o trabalho de evangelização. Que tal ao invés de querer toda a atenção, não ir atrás das ovelhas perdidas e ajudar a trazer mais um para a barca? Nisto consiste a mensagem de hoje: ser simples, ir atrás daqueles que se perderam e viver na alegria.