Evangelho (Mt 23,13-22)

Naquele tempo, disse Jesus: 13 “Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós fechais o Reino dos Céus aos homens. Vós porém não entrais, 14 nem deixais entrar aqueles que o desejam. 15 Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós percorreis o mar e a terra para converter alguém, e quando conseguis, o tornais merecedor do inferno, duas vezes pior do que vós.

16 Ai de vós, guias cegos! Vós dizeis: ‘Se alguém jura pelo Templo, não vale; mas, se alguém jura pelo ouro do Templo, então vale!’ 17 Insensatos e cegos! O que vale mais: o ouro ou o Templo que santifica o ouro? 18 Vós dizeis também: ‘Se alguém jura pelo altar, não vale; mas, se alguém jura pela oferta que está sobre o altar, então vale!’

19 Cegos! O que vale mais: a oferta, ou o altar que santifica a oferta? 20 Com efeito, quem jura pelo altar, jura por ele e por tudo o que está sobre ele. 21 E quem jura pelo Templo, jura por ele e por Deus que habita no Templo. 22E quem jura pelo céu, jura pelo trono de Deus e por aquele que nele está sentado”.

+++

Só devo agradecer a Deus sempre (2Ts 1,3). Tenho andado muito cansado de estar à frente do computador e com isto não tenho produzido nada em meu Blog e nos sites em que estou administrando. Talvez excesso de trabalhos e problemas das várias frentes em que estou envolvido.

Ontem, chamou-me a atenção, pois fui dar uma palestra para jovens de um Grupo de Crisma e fui falar sobre Maria, Mãe de Deus e Mãe da Igreja, duas datas, “Ano Novo” e “Pentecostes”. “Olhar” e “Vento impetuoso”. Estava preocupado, pois não queria falar do dogma. Falei então do olhar da Mãe e do Sopro do Espírito em Maria, no nascer da Igreja.

Estava preocupado com o material que havia preparado. Não estava gostando. Na minha intimidade, pedi ao Espírito de Deus que me iluminasse, apagasse meu desânimo, devido ao cansaço e que não agisse como os Homens da Lei e Fariseus do Evangelho de Hoje. Ao final uma surpresa, pelo envolvimento dos participantes. Gostaram, interagiram. Saí cansado, mas feliz! Conforme comecei a reflexão de hoje, devo agradecer a Deus sempre, pois para Deus nada é impossível!