Jesus ressuscitado aparece a alguns discípulos e os vê trabalhando na pesca, sem sucesso. Em seguida, inicia um diálogo com Pedro, que escuta o Senhor, obedece às orientações recebidas e os discípulos conseguem peixes em abundância, e partilham o sucesso da pesca, numa refeição. Mas, Jesus, insiste no diálogo com Pedro e por três vezes pergunta se ele o ama. Pedro, responde que sim, e, por fim, Jesus pede para segui-lo.

Essa e a terceira aparição de Jesus após a ressurreição, e uma grande catequese acontece. Pois, conforme nos propõe a meditação do Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa, o enredo do encontro se dá em três cenas, conforme a seguir:

Primeira cena, A PESCA: ao verem Jesus ressuscitado, todos ficam revigorados, arde o coração de um amor que dá força a novas iniciativas, e obedecem a orientação de Jesus, e o milagre acontece. Vale à pena escutar a Palavra, pois sempre nos dá vida nova. “É preciso pescar diferente…”.

A segunda cena do Evangelho, A REFEIÇÃO: Jesus os convida para comer, estar em comunhão, se alimentar da Eucaristia, que é a força da missão do discípulo-missionário. Podemos imaginar a alegria do encontro, sem peixes, sem Jesus; agora, com peixes e com Jesus, participando de uma nova ceia, pois agora é o ressuscitado que os anima e os impulsiona a missão. “É preciso pescar diferente. Que o povo já sente que o tempo chegou”.

A terceira cena, O DIÁLOGO: onde é destacada a tríplice prova de amor. Pois Jesus, interpela a Pedro para algo grandioso, para em tudo amar e servir. Algo bom vai acontecer!

Podemos com o texto experimentar esse encontro com o Ressuscitado, que ilumina e dá sentido a nossas vidas. São momentos agradáveis, que desmascaram tempos de desilusão, que nos deixam sem chão (desolados), na noite escura, sem a presença de uma luz. São nossos fracassos. Os três pontos: PESCA (nossa catequese); REFEIÇÃO (nossa Eucaristia); DIÁLOGO (nossa oração), nos propõe vida nova. Vida ressuscitada.

Concluímos, com mais um trecho da música do Pe. Zezinho: “Há um barco na praia”, que vem permeando o texto:

“De repente aparece Jesus
Pouco a pouco se acende uma luz
É preciso pescar diferente
Que o povo já sente que o tempo chegou
E partiram sem mesmo pensar
Nos perigos de profetizar”.

Boa oração!