Dia 03 de dezembro, dedicado a São Francisco Xavier, jesuíta, grande missionário, nas Índias, no Japão, hoje é padroeiro das missões, mas por quê? O que tinha de especial este homem: – seus horizontes.

O horizonte de Xavier era Cristo, ele não se limitou pela distância, pela radicalidade, pela dificuldade da missão, pelo sofrimento, perseguição, não, nada limitava este homem. O desejo ardente de pregar o Evangelho com alegria e levar as pessoas a Deus. Tudo isto, todas estas coisas foram fundamentais para que ele permanecesse firme, revelando o rosto do Senhor a todas as pessoas, tanto na Índia, como no Japão, com grandes frutos e muitas conversões, muitos batizados.

Nós, hoje, somos chamados a sermos como ele, não termos medo dos desafios da evangelização atual, não termos medo dos desafios do mundo atual. Os desafios, são desafios, mas o Evangelho continua querendo ser anunciado, o evangelho querendo ser proclamado aos corações. Como é bonito entender, que como o Evangelho faz bem ao ser humano. Quando o Evangelho atinge o coração e as vezes salva as pessoas de situações tão duras, tão difíceis.

Assim, foi, o grande missionário São Francisco Xavier, anunciou o Evangelho, o mais puro Evangelho, levando Cristo as pessoas. É isto que o Papa Francisco faz, ele não tem medo de convidar a Igreja: bispos, padres, religiosos, religiosas, para que vivam o Evangelho. Os leigos e as leigas que vivam o Evangelho. A nossa fé centrada em Cristo, permite que Ele se revele, permite que Ele se mostre, permite que nós possamos conhecer cada vez mais o Cristo.

Neste Advento, tempo bonito, é o Senhor que vem, mas se nós não tivermos este desejo do encontro com Ele, ou se algo nos impede de fazer esta experiência de encontro com Ele, de nada servirá.

É preciso se deixar encontrar, é preciso permitir que o meu coração encontre o coração do Senhor, pois, Ele sempre continua nos chamando a missão. Não tenhamos medo do chamado do Senhor, deixemos que Ele sempre e em sua vontade e em sua bondade, continue nos amando, nos querendo e nos salvando. Porque Ele mesmo quem deseja nos encontrar. Ele deseja ficar conosco, Ele deseja falar com cada um de nós. Por isso não tenhamos medo, e sigamos em frente, anunciando o Evangelho da salvação, como muito bem o fez São Francisco Xavier. Sejamos Xaverianos. Amém!

Referência bibliográfica:

https://www.spreaker.com/user/parameditar, acesso em 03/dezembro/2019 – Pe. José Laércio de Lima,SJ